Conheci a Obra Céu Nossa Senhora da Conceição no ano de 2007, na época frequentava apenas Institutos Irmãos na Grande SP. Já em meu primeiro contato com a Ayahuasca saí de uma depressão profunda que vivia.

Antes de conhecer a Obra, era deprimida, completamente triste, tinha tudo… casa perfeita, relacionamento perfeito, emprego perfeito… mas meu Coração clamava por algo mais, que eu tinha certeza em meu íntimo que existia algo mais… mas não conseguia encontrar. Fui a todas filosofias e religiões que se pode imaginar, sabia vagamente que precisava procurar pelo espiritual, pois as coisas do mundo já não faziam mais sentido.

Foi então que, convidada por um terapeuta que eu frequentava, fui a uma Sessão em um instituto irmão de Guarulhos. Ali tive contato não só com Ayahuasca séria, livre de drogas e comércio, mas também com o conhecimento vindo dos Hinários canalizados pelo Xamã Gideon dos Lakotas. Me apaixonei, já no dia seguinte eu pude sentir que estava completamente preenchida de Felicidade, eu fechava os olhos e me lembrava que a Felicidade existia, que existe muito mais do que podemos ver!

Com o passar do tempo fui me aprofundando nos trabalhos com Ayahuasca, mas queria conhecer de perto a Obra e seu Fundador, que já me parecia alguém muito especial, que emanava, através de seus conhecimentos que já estavam disponíveis no site do Céu Nossa Senhora da Conceição, como os livros e os Hinos por ele canalizados. Precisava conhecer de perto.

Estive pela primeira vez em Terras Sagradas no Réveillon de 2008 para 2009 e aí sim pude sentir a força deste magnífico Portal da Nova Era. Vi pela primeira vez o Xamã Gideon dos Lakotas e tive a plena certeza que ali era o meu lugar. Pude sentir a Pureza que emanava do Coração do Xamã Gideon dos Lakotas e que força precisou ter para enfrentar um mundo de drogadição em que se encontrava o cenário Ayahuasqueiro antes do resplandecer desta Obra, além do comércio deslavado com o sagrado.

Depois disso, tudo que fazia na vida era no intuito de poder estar mais próxima desta Obra, que é como um candeeiro e eu (e milhares de outros buscadores) as mariposas rsrs. Organizei minhas férias para poder participar do próximo Curso de Formação de Padrinhos e Madrinhas para que eu pudesse também abrir um instituto irmão do Céu Nossa Senhora da Conceição com a aprovação do Xamã Gideon dos Lakotas, poder espalhar a luz de uma Ayahuasca livre de drogas e comércio e assim o fiz.

No ano de 2010 o Xamã Gideon convocou a Passeata Pacífica Por um Daime sem drogas e a Favor da Vida, na frente do Congresso Nacional. Lá bailamos e esta Obra, mais uma vez, mostrou a força que tem, lutando contra o uso descarado de drogas nos centros do santo daime do padrinho sebastião.

Com o passar do tempo decidi me comprometer ainda mais com a Obra e tive a oportunidade de auxiliar na organização da Caminhada Nacional Contra a Liberação da maconha – Pela Vida, em que o Xamã Gideon dos Lakotas era o presidente. Desta vez a luta foi ainda maior, pude presenciar a força deste Leão Valente, que enfrentou o sistema político que apoiava a liberação da maconha no Brasil, com o único intuito de fazer com que esta nação fosse uma nação de cegos e drogados.

Neste sentido, o Xamã Gideon dos Lakotas presidiu 2 caminhadas, sendo a primeira no dia 30 de julho de 2011 e a segunda em 15 de dezembro de 2011. A primeira caminhada contou com mais de 8 mil participantes, pessoas de bem, reunidas sob a bandeira de defesa das famílias e dos filhos desta nação. Foi uma festa grandiosa e linda de se ver! A segunda caminhada, com o dobro de pessoas, teve um teor mais tenso. O Padrinho antecipou esta tensão a todos nós, quando pediu que fôssemos munidos de tambores e tochas. Foi nítido de se ver que os tambores representavam a força de batalha e as tochas para que os Brasileiros acendessem seus Corações. Literalmente a chama de esperança que este país precisava no tocante à liberação da maconha. Além disso, nesta caminhada, o Xamã Gideon pediu que fosse aberto um plebiscito para que os cidadãos pudessem decidir sobre o tema.

Além das caminhadas, o Xamã Gideon dos Lakotas foi convidado a dar palestras na Câmara e no Senado, convidado para diálogos abertos sobre o tema, e também foi homenageado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, por seu esforço, por sua luta incansável.
Ambas caminhadas fizeram com que o governo recuasse da ideia insana da liberação da maconha.

Outro grande feito, que mudou o universo da ayahuasca no Brasil…
Ainda no ano de 2011 foi dado a continuidade no projeto Ayahuasca para Todos, (o projeto é uma ação iniciada em 2004 com doação de milhões de mudas de Jagube e Chacrona) pois este projeto se iniciou juntamente com a Obra, visando combater o comércio com o sagrado, para que cada buscador pudesse ter, no altar de sua casa, uma Ayahuasca livre e drogas e comércio.

E assim o fez. 

Iniciaram-se os cursos de Ayahuasca para Todos na Fazenda, com profissionais habilitados, como médicos, enfermeiros, biólogos, historiadores e operadores do direito, passando todas as instruções necessárias para que cada buscador pudesse ter acesso a Ayahuasca, livre das drogas e principalmente do comércio.

Como sempre ensinou, somente existe o amor através das ações, e ação era o que não faltava ao Padrinho.

Agradeço de todo o meu coração a esse grande professor Xamã Gideon dos Lakotas, pois hoje sou feliz, e minha encarnação ganhou realmente um propósito. Assim como tive meu caminho aberto pelo Padrinho, hoje levo essa clareza avante, tanto em minha vida pessoal, quanto no auxílio aos Irmãos que chegam a esta Obra. 

EU SOU FELIZ!!!